O papel do CEO na transformação digital

Com que freqüência o principal executivo de sua empresa fala, em encontros com funcionários, das mudanças que estão sendo impostas pelo digital?

A pergunta acima é uma provocação, mas serve também como uma espécie de termômetro para acessar qual é a percepção que o presidente da empresa tem dos impactos que a internet, as tecnologias móveis e a nuvem têm sobre o negócio que administra. Se o CEO tem pouca compreensão de como estas questões estão afetando a organização é bem provável que ele esteja liderando o negócio olhando pelo retrovisor.

Uma pesquisa recente da PwC com executivos-chefe mostra que 86% dos líderes de negócios acreditam que a tecnologia está transformando profundamente suas organizações. A pesquisa da PwC ouviu 1393 CEOs ao longo do ano de 2014. Mesmo os CEOs que reconhecem outras outras megatendências que estão remodelando o mundo corporativo, como a urbanização ou as mudanças demográficas, concordaram que a tecnologia é um poderoso agente de transformação das suas organizações.

Veja onde os CEOs entrevistados pela PwC estão investindo seu tempo, sua energia e seus recursos para crescer suas empresas. A pergunta que foi feita a eles é: O que você como CEO tem feito para garantir o crescimento da empresa?

  • 44% dos executivos-chefe responderam que estão investindo emferramentas de análise, que permitem que eles façam um diagnóstico preciso da organização e do mercado.
  • 41% dos CEOs afirmaram que investem em processos que possibilitam maior interação entre as unidades de negócios e as pessoas.
  • 39% dos líderes disseram que investem em tecnologias móveis para aumentar o engajamento com o cliente.
  • 39% dos CEOs alocam recursos para segurança (cybersecurity)
  • 25% dos presidentes de empresa investem em tecnologias para melhorar a oferta de serviços aos clientes.
  • 15% dos líderes investem em robótica, com objetivo de substituir serviços operacionais por tecnologia.

Fonte: PwC.

Portanto, se o CEO da sua empresa administra a organização olhando pelo retrovisor, é bem provável que em breve ele se choque com a realidade que o mercado tem imposto às empresas. A transformação digital não é um fenômeno passageiro, mas um daqueles marcos que vai mudar a maneira como as empresas fazem negócios e como as pessoas trabalham. Da próxima vez que encontrar o presidente no elevador ou no corredor da empresa, pergunte a ele: Que desafios o digital tem gerado para a nossa empresa? A resposta dele para esta pergunta vai permitir saber se ele está pilotando olhando o horizonte a frente ou mirando o retrovisor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s